Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Semiótica Visual nas Mídias: A produção brasileira no período de 2006 a 2008
Anderson Fernandes Borges, João Batista Freitas Cardoso

Última alteração: 2011-09-11

Resumo


Introdução

A presente pesquisa buscou identificar em periódicos científicos as teorias semióticas mais utilizados pelos pesquisadores brasileiros na análise dos signos visuais nas mídias. A pesquisa exploratória foi divida em etapas que compreenderam o mapeamento de estudos de semiótica aplicada publicados e a análise dos artigos que compreendiam o corpus de pesquisa. Foram examinados 724 artigos em 13 periódicos vinculados a Programas de Pós-Graduação. Desses, 22 artigos apresentam-se como objeto de análise (pesquisa de semiótica aplicada ao estudo dos signos visuais nas mídias).

Objetivos

A pesquisa visou identificar, em periódicos vinculados aos programas de pós-graduação recomendados pela CAPES, os métodos, modelos e conceitos semióticos mais utilizados pelos pesquisadores brasileiros na análise dos signos visuais nas mídias.

Metodologia

Pesquisa exploratória. Foram selecionamos as publicações vinculadas aos PPG´s em Comunicação recomendados pela CAPES. Em seguida foram realizados os seguintes procedimentos: seleção dos trabalhos de semiótica aplicada, que fazem uso das teorias semióticas para análise de uma linguagem específica; seleção dos artigos que cuidam apenas do exame do signo visual nas mídias; seleção dos artigos em função de suas bases teóricas; verificação das distintas correntes semióticas nos artigos.

Resultados

Dos 37 PPG´s, 11 não apresentam título de periódico (no site ou no sistema Qualis). Dos 26 PPG´s com periódicos identificados, 12 não foram disponibilizados. 14 periódicos foram disponibilizados para análise. Um desses só apresenta resumos, por isso não fez parte do corpus. Assim, foram examinados 13 periódicos.

Em 2006 analisamos 11 periódicos, somando um total de 198 artigos.
Somente 11 artigos se encaixam no corpus da pesquisa: 6 artigos de semiótica francesa;1 de semiótica peirceiana; 1 de semiótica russa; e 3 de híbridos, que faz o uso de duas ou mais teorias.

Foram analisados em 2007 12 periódicos, um total de 249 artigos.
.Somente 2 artigos fizeram uso da corrente francesa e 1 usou a teoria de Peirce.

No ano de 2008 foram analisados 14 periódicos, totalizando 279 artigos.
Nesse, 7 artigos fizeram o uso da semiótica francesa e 1 que fez uso de hibridismo.

Considerações finais

A pesquisa esta passando ainda por uma ultima revisão, mas já é possível afirmar que a teoria da corrente francesa é a mais utilizada entre 2006 e 2008 ficando em segundo lugar o uso do hibridismo, em terceiro a teoria peirciana e em quarto as teorias russas.