Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Estudo de Realidade Aumentada para Aplicação em Ambientes Colaborativos Remotos
Celso Setsuo Kurashima, Amanda Martins Nacas

Última alteração: 2011-09-11

Resumo


A realidade aumentada pode ser definida como o enriquecimento do ambiente real com objetos virtuais, usando algum dispositivo tecnológico, funcionando em tempo real; buscando uma melhoria do mundo real com textos, imagens e objetos virtuais gerados por computador.

O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma aplicação de Realidade Aumentada para aplicação em ambiente colaborativo remoto, bem como a analise do desempenho computacional necessário para se torne possível o compartilhamento de uma aplicação de realidade aumentada simultaneamente para mais de um computador.

Neste projeto são usadas câmeras de vídeo, que capturam a imagem de um marcador utilizado pelo usuário do aplicativo. O marcador é um cartão com uma figura pré-definida, que ao ser identificado funciona como um sinalizador ao aplicativo para introdução ou manipulação de modelos 3D virtuais na imagem real de vídeo e mostradas no monitor. Esta manipulação deve ser transmitida em rede para mais de um computador em tempo real.

A aplicação escolhida foi o Jogo de Damas RA, um jogo de tabuleiro com visualização tridimensional, devido sua simplicidade na modelagem gráfica, e facilidade de demonstrar conceitos de interação colaborativa. O sistema desenvolvido foi baseado na metodologia SACRA - Sistema de Autoria Colaborativa com Realidade Aumentada.

Experimentos com o Jogo de Damas RA foram conduzidos dentro de um laboratório, onde os dois computadores do projeto ficaram próximos entre si e conectados na mesma rede local. Com isso, as operações do sistema e a observação das reações puderam ser realizadas pela mesma pessoa operando simultaneamente os dois computadores.

Modelos 3D virtuais foram desenvolvidas em software de computação gráfica e inseridas no sistema do Jogo de Damas RA. Estes modelos 3D são o tabuleiro do jogo e as peças, sendo na cor azul para o usuário do local 1 e na cor de rosa para o usuário do local 2.

Para a análise do desempenho em rede a metodologia foi medir a largura de banda da rede com e sem a utilização do sistema Sacra. Para isso foi necessário conectar dois computadores em rede de forma que a internet não pudesse influenciar nos dados coletados. Obtivemos, em média, uma largura de banda liquida ocupada pelo programa SACRA em operação de apenas 3,6% maior do que a largura de banda que do computador sem executar nenhuma operação. Através das análises realizadas, conclui-se que as aplicações de realidade aumentada possuem boas perspectivas para utilização em ambientes colaborativos remotos.