Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Experimentos em Videoconferências com Duas Câmeras em Software Livre
Celso Setsuo Kurashima, Douglas Galetti Ribeiro

Última alteração: 2011-09-11

Resumo


A videoconferência é uma forma de comunicação interativa que permite que duas ou mais pessoas que estejam em locais diferentes possam se comunicar através da fala e da visualização de imagem em tempo real. O objetivo deste projeto é investigar a viabilidade de realizar videoconferência utilizando codificadores livres de voz e vídeo, com a transmissão de múltiplos sinais de voz e vídeo através de redes de computadores. A principal aplicação são videoconferências imersivas voltada para os pesquisadores ou profissionais que necessitam se comunicar constantemente entre si, com sistemas de baixo custo e código aberto.
A implementação do aplicativo empregou o codec Theora para codificação de vídeo e o codec Speex para codificação de voz. Essa implementação foi realizada em ambiente do sistema operacional Linux, com a linguagem de programação Python e utilizando o arcabouço GStreamer. Adicionalmente, foi implementado um sistema de videoconferência com transmissão de dois vídeos simultâneos, capturados por um par de câmeras. A utilização de múltiplas de câmeras no sistema foi também verificada.
A análise de desempenho do sistema foi realizada através da ferramenta Iperf, avaliando-se parâmetros que incluem qualidade da imagem, da voz, latência da rede e outros parâmetros de desempenho de rede. Na análise da latência verificou-se a variação de parâmetros como resolução de imagem, taxa de bits (para vídeo), e taxa de amostragem, taxa de bits e número de canais (para voz).
Na avaliação de vídeo, as diferentes resoluções das imagens causaram uma grande variação na largura da banda da rede utilizada pela videoconferência. As duas taxas de bits de codificação (64 e 128 kbps) não foram influentes na largura de banda da rede, assim como a taxa de quadros por segundo.
Na análise de parâmetros de voz da videoconferencia, variação da taxa de amostragem causou a maior variação na largura de banda da rede utilizada. As taxas de bits analisadas (8 e 16 kbps) não foram influentes na latência da rede assim como o número de canais utilizados.
Para o sistema implementado, obtivemos qualidade satisfatória e sem cortes com as seguintes configurações: resolução de 320x240 pixels; taxa de bits de 128 kbps para vídeo e 16 kbps para voz; 2 canais de voz com taxa de amostragem de 8000Hz. Conclui-se que, com uma configuração adequada de parâmetros conforme as condições de infraestrutura da rede, uma videoconferência imersiva pode ser realizada satisfatoriamente com o uso de codecs livres.