Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Avaliação da eficácia bactericida e fungicida do álcool em gel 70% manipulado na Farmácia Escola da Universidade de São Caetano do Sul (FarmaUSCS) comparado ao álcool em gel 70% do mercado
Aparecida Peres Del Comune

Última alteração: 2011-09-11

Resumo


As infecções instituem na atualidade um dos maiores problemas da saúde pública. A principal medida de controle e prevenção populacional de agentes infecciosos é a lavagem das mãos com água e sabonete e aplicação de um antisséptico. O álcool em gel está entre os produtos antissépticos mais seguros, por ter baixa toxicidade e efeito rápido. O presente trabalho teve por finalidade avaliar a eficácia bactericida e fungicida de duas formulações de álcool em gel 70% manipuladas na Farmácia-Escola da USCS (formulação 1 e 2) comparadas a uma formulação do mercado (formulação 3), onde foram realizados ensaios físico-químicos, como o de pH, viscosidade, aparência e característica sensorial, de acordo com recomendações e especificações do Laudo de Análise do Álcool em gel da FarmaUSCS e da Farmacopéia Brasileira 4ª edição, onde os três alcoóis em gel apresentaram resultados dentro das especificações. Também foram realizados ensaios microbiológicos, onde houve coletas de amostras das mãos de 15 funcionários/estágiários da FarmaUSCS, com bactérias totais, fungos totais, em respectivamente, nos meios Tryptone Soya Agar e Sabourad Dextrose Agar, antes e depois da higienização das mãos com os três tipos de álcool em gel e realizado a porcentagem da diminuição de colônias nos meios de cultura, onde dentre os três alcoóis avaliados a maior redução microbiana foi da formulação 2 e a menor da formulação 3 . Portanto, conclui-se que, o álcool em gel 70% formulação 2, produzido na Farmácia Escola, foi o que apresentou melhor eficácia, evidenciando a importância da utilização do produto em sistemas de saúde entre outras instituições.