Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Análise das Práticas de Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas na região do Grande ABC
Marcos Vinicius Pó, Juliana Fabron Marin Marin

Última alteração: 2011-09-11

Resumo


Introdução

Tendo como foco a análise da avaliação das políticas públicas nos municípios de São Bernardo do Campo e Diadema, realizou-se levantamento bibliográfico visando encontrar informações prévias, discussões e avaliações já realizadas. Após analisar os dados encontrados no site do IBGE, Ministério da Saúde e DATASUS, promovemos entrevistas com funcionários das Secretarias de Saúde de ambos os municípios para encontrar explicações sobre o funcionamento dos sistemas de avaliação e monitoramento, bem como as dificuldades encontradas em sua realização.

 

 

 Objetivos

Este projeto tem como objetivos encontrar respostas sobre a existência da avaliação de políticas públicas nos municípios de SBC e Diadema, bem como entender os processos que permitem a sua concretização e sua eficácia.

 

 

Metodologia

A pesquisa se compõe de duas partes centrais: pesquisa bibliográfica sobre avaliação, bem como entrevistas com o Diretor de Gestão da Secretaria Municipal de Saúde de São Bernardo do Campo e com a Representante da Secretaria Municipal da Saúde de Diadema.

 

 Resultados

As entrevistas foram essenciais para o desenvolvimento deste projeto, pois os dados obtidos a partir do levantamento bibliográfico não mostram a intensidade e a importância da avaliação das políticas adotadas pelos municípios de SBC e Diadema no que tange ao tema saúde. Já as entrevistas com funcionários das Secretarias de Saúde dessas regiões exibem um cenário totalmente diferente, pois explicitam o funcionamento da avaliação e do monitoramento, por meio da criação de programações, entrega de relatórios, reuniões e prestação de contas.

O tema em questão – avaliação e monitoramento – ainda não é amplamente pesquisado na prática e, as poucas informações existentes não são disponibilizadas para o público devido a algumas deficiências das Secretarias no que tange ao setor da informatização.

 

 Conclusão

 Existem planos, de ambos os municípios, no que concerne à ampliação e difusão das práticas de avaliação e monitoramento. Percebemos, no decorrer das entrevistas, que existe a preocupação por parte dos gestores públicos quanto a análise da eficácia, eficiência e efetividade das políticas públicas adotadas. O que esses gestores necessitam é um pouco mais de tempo e de investimentos para aprimorar as práticas de avaliação e monitoramento nos municípios pesquisados. Além disso, as discussões na área acadêmica sobre a avaliação prática devem ganhar mais força, permitindo aos pesquisadores um estudo mais aprofundado sobre o tema, com maior acesso às informações concernentes à implantação da teoria na prática.