Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Morfologia e Filogenia da Família Rhagionidae (Diptera: Brachycera)
Daniel Dias Carmo, Charles Morphy Dias Santos

Última alteração: 2011-09-08

Resumo


Introdução: Dentro da infraordem Tabanomorpha (Diptera, Brachycera), a família Rhagionidae ainda carece de estudos taxonômicos, filogenéticos e biogeográficos mais aprofundados. Mesmo com o estudo molecular e morfológico feito por Kerr (2010), há ainda inúmeras dúvidas sobre as relações de parentesco entre os vários gêneros que compõem os Rhagionidae, sobre o status monofilético do grupo e sobre suas relações com os demais Tabanomorpha. Objetivo: Nesse trabalho é apresentada uma hipótese filogenética para Rhagionidae, com comentários acerca da evolução de certos caracteres, relacionando 32 táxons terminais entre recentes e fósseis. Metodologia: Os espécimes foram ilustrados e utilizados como base para o levantamento de caracteres, a partir dos quais foram obtidas hipóteses filogenéticas, através de análise com pesagem diferencial dos caracteres. Resultados: Pode-se atribuir o status de família para o gênero Pelecorhynchus, denominada Pelecorhynchidae, e é suportado o parafiletismo de Rhagionidae. Conclusão: A despeito do baixo valor filogenético de caracteres como peças bucais e antenas, o entendimento das modificações dessas estruturas, em conjunto com outras da grande valor filogenético, como asas e terminálias masculina e feminina, é fundamental para uma melhor compreensão acerca da história evolutiva da família em particular e de Diptera no geral. A família Rhagionidae, apesar de seu aparecimento antigo na história evolutiva de Diptera, possuí grande variação morfológica e o melhor entendimento de sua morfologia, bem como o uso de diferentes bases de caracteres se faz necessária para a formulação de hipóteses filogenéticas mais robustas, e pode auxiliar no entendimento dos mecanismos responsáveis pela grande diversificação que pode ser observada em Diptera.