Sistema de Submissão de Resumos, I Encontro de Iniciação Científica - 2011 (ENCERRADO)

Tamanho da fonte: 
Uso de zeólitas ZSM-5 modificadas com nióbio como catalisadores na eterificação do glicerol.
Wagner Carvalho, Maísa Gonçalves Pereira, Maraisa Gonçalves, Flávia Camargo Alves Figueiredo

Última alteração: 2011-09-08

Resumo


As reações de eterificação estão entre as possíveis estratégias para conversão do glicerol proveniente da fabricação do biodiesel em produtos de maior valor agregado. O glicerol é transformado em combustíveis oxigenados, aumentando o rendimento de biocombustível do processo. Além disso, é possível dar origem a produtos utilizados como aditivos do diesel e da gasolina, reduzindo a emissão de poluentes. Estas reações podem ter diversos tipos de sólidos com características ácidas como catalisadores2. Neste estudo, pretendemos verificar o comportamento de catalisadores à base de nióbia suportada na zeólita ZSM-5 nas reações de conversão do glicerol, uma vez que a nióbia está abundantemente disponível no território nacional e possui características ácidas.

A impregnação da zeólita foi realizada em diferentes proporções de Nb/ZSM-5. Após impregnado, o material foi sulfonado com ácido sulfúrico fumegante à temperatura ambiente, com agitação constante por 24 h. O excesso de ácido foi removido com água destilada. Para as reações de eterificação do glicerol, terc-butanol e glicerol foram adicionados numa proporção molar de 4:1, em autoclave, sob atmosfera inerte a 120ªC. Os produtos de eterificação foram quantificados por CG.

A impregnação do nióbio na superfície da zeólita não altera a área superficial e a porosidade dos materiais, o que deve estar relacionado a uma elevada dispersão do nióbio.

 

Os resultados mais significativos de conversão foram obtidos para a formação do mono éter, utilizando como catalisadores as diferentes zeólitas sulfonadas. Esta conversão variou entre 20% e 30%, sendo que a conversão aumenta com o teor de nióbio.

Diante dos resultados apresentados, nota-se que a impregnação da nióbia à zeólita aumentou a eficiência do catalisador para converter glicerol em mono éter.

Com diferentes porcentagens de Nb impregnada, a área superficial da zeólita não foi alterada.Novos estudos estão sendo realizados para otimizar a eterificação do glicerol, com objetivo de aumentar sua conversão.